jump to navigation

Sintomas 12/07/2012

Posted by Esclerose Múltipla in EM: o que é isso?, Espaço médico.
trackback

Sintomas comuns da esclerose múltipla

A esclerose múltipla afeta cada pessoa de maneira diferente. Devido à esclerose múltipla poder afetar diferentes funções do cérebro, as pessoas experimentam uma ampla variedade de sintomas.  Mas existem alguns sinais comuns da esclerose múltipla, a maioria envolvendo o equilíbrio, a visão, a memória, os movimentos ou a função sexual, incluindo:1

  • Fadiga – sentir-se cansado e não ter muita energia é uma queixa comum das pessoas com esclerose múltipla
  • Dormência – muitas pessoas relatam sensação de dormência ou de formigamento em partes do corpo
  • Problemas de equilíbrio – uma perda do equilíbrio é um sintoma precoce comum da esclerose múltipla
  • Dor crônica – mais da metade das pessoas com esclerose múltipla sentem algum tipo de dor
  • Dificuldade para andar – problemas de mobilidade são um dos sintomas mais comuns da esclerose múltipla
  • Espasticidade – algumas vezes, os músculos ficarão enrijecidos ou com cãibras, tornando difícil movimentar o membro afetado e causando dor
  • Depressão – o estresse de lidar com uma doença como a esclerose múltipla pode frequentemente levar à depressão. A depressão é uma condição grave, assim é importante que as pessoas com esclerose múltipla que apresentam depressão conversem com seus médicos.
  • Problemas sexuais – o dano aos nervos causado pela esclerose múltipla pode algumas vezes afetar o funcionamento sexual da pessoa
  • Problemas na bexiga – a esclerose múltipla interfere com o funcionamento da bexiga, o que pode resultar em uma variedade de sintomas, desde urgência leve até incontinência urinária.

Uma das razões pelas quais a esclerose múltipla pode ser uma doença que confunde e provoca frustração é que ela nem sempre é fácilmente diagnosticada, e nem todas as pessoas apresentam os mesmos sintomas. Algumas pessoas têm muitos sintomas, enquanto outras têm poucos; algumas pessoas têm sintomas leves, enquanto outras podem ter doença mais grave; para algumas, os sintomas vão e voltam, enquanto para outras eles podem perdurar. O importante é se lembrar que existem tratamentos eficazes para muitos desses sintomas, de forma que qualquer pessoa que apresente sintomas novos da esclerose múltipla deve conversar com seu médico sobre tratamento.1

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: