jump to navigation

Paranaíba (MS) terá núcleo de tratamento de doenças neuromusculares 14/01/2009

Posted by Esclerose Múltipla in Utilidade pública.
trackback

A Unepe realiza diagnóstico e reabilitação de portadores de patologias que provocam distúrbios do movimento

A Unepe (Rede Brasileira de Cooperação ao Desenvolvimento) definiu a instalação de um núcleo em Paranaíba para atender o município e a região leste de Mato Grosso do Sul. Em reunião na tarde da última terça-feira (12/1), os responsáveis pela Rede apresentaram a Unepe ao prefeito José Garcia de Freitas (Zé Braquiara – PDT), à vice-prefeita Leopoldina Gasperini (Dininha) e ao secretário de Saúde, Luciano Aparecido da Silva.

As ações da Unepe são focadas nas áreas de qualificação e capacitação de profissionais, realização de estudo, e pesquisa científica em saúde e meio ambiente, diagnóstico e reabilitação de portadores de patologias que provocam distúrbios do movimento, como ataxias, distonias, distrofia muscular, doença de Parkinson, esclerose múltipla, tiques, distrofia muscular e problemas de coluna com reabilitação da dor crônica, muitas vezes provocadas por fatores de ordem genética ou ambiental.

O atendimento em Paranaíba será em convênio com a Prefeitura, que disponibilizará espaço físico e profissionais de apoio. A Rede Brasileira de Cooperação ao Desenvolvimento será responsável pela técnica de tratamento, medicamentos, capacitação dos profissionais e acompanhamento por médicos especialistas.

A previsão é de que o atendimento em Paranaíba tenha início no próximo mês e, segundo os representantes da Unepe, a demanda é de 1% no município e região.

Conheça a Unepe
A Unepe iniciou as atividades em meados da década de 80, denominando-se Movimento de Ação Comunitária na cidade baiana de Iramaia. Em 15 de novembro de 1989, por iniciativa do Professor Naelson Ferreira (portador de ataxia hereditária), um grupo de líderes religiosos, agentes de pastorais e membros da comunidade local, contando na época com apoio técnico da Ordem dos Advogados do Brasil, se uniu para fundar uma organização que pudesse desenvolver ações que contribuíssem com a melhora da qualidade de vida da população residente nas regiões Nordeste e Centro-Oeste do Brasil.

Atuando em Mato Grosso do Sul desde o início dos anos 90, a Unepe é declarada de utilidade pública estadual e federal, e vem se mantendo basicamente através de recursos arrecadados por meio da prestação de serviços e de doações. É responsável pelo Centro de Referência em Distúrbios do Movimento, com sede em Campo Grande.

Através da Fundação Universitária Iberoamericana, mantém intercâmbio com 38 universidades localizadas em diversos países: Espanha, Itália, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Panamá, Peru, Porto Rico e Uruguai.

Fonte: Agora MS

%d blogueiros gostam disto: