jump to navigation

Jovem muda de fator sangüíneo depois de um transplante 26/01/2008

Posted by Esclerose Múltipla in Espaço médico.
trackback

Na Austrália, a medicina registrou um caso inédito.

Demi Lee Brennan foi submetida a um transplante de fígado há seis anos. Em meses, o tipo sanguíneo dela mudou de O – para O +: o mesmo do doador.

Exames revelaram que células-tronco do fígado novo tinham penetrado na medula. Esse fenômeno dará novo rumo a pesquisas para a cura de doenças auto-imunes, como a esclerose múltipla.

Fonte: Jornal Nacional (25.01.08)

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: