jump to navigation

Manual de boas posturas 24/07/2007

Posted by Esclerose Múltipla in Qualidade de vida.
trackback

SAÚDE! preparou um guia para você desentortar sua coluna e não se tornar mais um refém da dor nas costas, problema que af ige 80% da população. Da acupuntura à fisioterapia, são 11 técnicas e nove dicas que vão endireitar seu cotidiano

O primeiro ancestral humano que aprendeu a se locomover sobre os dois pés pode muito bem ter proferido, logo depois de suas passadas de bípede estreante, uns ais de desconforto — ou algo do gênero. Isso porque sua coluna passou a sustentar sozinha todo o peso do corpo, que, antes do advento da nova forma de caminhar, quando a humanidade andava de quatro, era mais bem distribuído. A dor nas costas é um legado com o qual grande parte da humanidade tem de lidar diariamente. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 80% da população sofra de lombalgia, a sensação dolorosa que surge na parte mais baixa da coluna. “Ou vai sofrer”, vaticina o reumatologista José Knoplich, que é de São Paulo.

Quilos extras, alterações em vértebras e músculos em desequilíbrio são alguns dos gatilhos que disparam o problema. E, para deixar esse panorama ainda mais dolorido, entram em cena as posturas erradas no dia-a-dia. “Elas não são a causa da dor, mas contribuem para piorar o quadro”, explica Knoplich. “O corpo nos avisa quando a gente faz alguma coisa errada”, diz o também reumatologista Jamil Natour, da Universidade Federal de São Paulo. “E esse aviso vem geralmente na forma de dor. Ela deve ser respeitada e nunca negligenciada”, completa. Veja nas próximas páginas as saídas e os conselhos para não cair em armadilhas.

ENDIREITE-SE OU… Dor de cabeça
Seu nome é pomposo: cefaléia cervicogênica. Esse tipo de dor de cabeça pode vir à tona devido a uma tensão muscular no pescoço. “Esticá-lo à frente para ler algum texto no computador pode provocar esse sintoma”, explica Jamil Natour.

Males digestivos
“O alimento tem um trânsito específico no organismo”, explica a fisioterapeuta Elizabeth Alves Ferreira, perquisadora da Universidade de São Paulo. “Dessa forma, quando a pessoa se senta toda torta para assistir à TV logo após uma refeição, a digestão acaba sendo atrapalhada.” Não à toa. Órgãos como o estômago se localizam na caixa torácica e, dependendo da forma como o indivíduo se posiciona, se comprimem.

QUE FRIO, QUE DOR!As sensações doloridas que afligem a coluna podem aumentar quando a temperatura ambiente cai. Isso porque a musculatura fica mais enrijecida, o que torna o problema ainda mais penoso. É como se fosse uma espécie de recolhimento para se proteger do frio.

DESENTORTE SEU COTIDIANO Pequenos ajustes nas posturas do dia-a-dia contribuem para afastar o fantasma da dor
Introduzir ligeiras mudanças posturais na sua rotina já é um grande avanço. “Não é necessário ficar 24 horas numa posição correta. Cinco horas já resolvem”, diz a fisioterapeuta Elizabeth Alves Ferreira. “O tempo de manutenção da postura e a sua repetitividade são alguns dos fatores determinantes para que músculos e articulações fiquem mais saudáveis.”

1. Na hora de carregar pesos

Você já deve ter ouvido ou lido este conselho algumas vezes, mas, por preguiça ou esquecimento, deixou de carregar objetos pesados do jeito certo. Para o bem de sua coluna, flexione os joelhos (como a moça à esquerda), pegue a peça e, com calma, levante-se. Dessa forma você estará transferindo a carga para os músculos das pernas, que são mais fortes do que os das costas — afinal, eles não foram projetados para transportar grandes volumes.

2. Até a calça
Na hora de vesti-la, o mais adequado é sentar-se na cama ou numa cadeira. Em seguida vista uma perna de cada vez. Por fim, levante-se e feche ou abotoe.
3. Olha a curvatura
Ficar inclinado por muito tempo na mesma posição é muito prejudicial para a coluna, que tem três curvaturas naturais. Quando elas sofrem alterações excessivas, aumenta-se a sobrecarga sobre os discos vertebrais. Nos indivíduos predispostos ao problema… é dor na certa.
4. Para calçar os sapatos
Sim, também há uma maneira correta de realizar essa atividade tão corriqueira. Se você já é predisposto a piripaques nas costas, calçá-los numa posição errada, forçando a coluna, só vai piorar a situação. Assim, para evitar chabus, sente-se, traga o pé até o joelho e calce o sapato. Não abaixe o corpo para isso.
5. Ao passar roupa
Esta dica também é válida para quando se vai lavar louça: pegue uma ou duas listas telefônicas e as disponha no chão como um apoio para os pés. Procure alterná-los sobre essa espécie de degrau. Assim você relaxa a curvatura da lombar, diminuindo ador e prevenindo lesões.

6. Nada de torce retorce
Evite virar o corpo intensamente. O mais saudável é levantar-se da cadeira ou, se estiver no escritório, girá-la — use o mobiliário a seu favor. Quem já apresenta algum problema nos discos, os amortecedores entre as vértebras, está mais sujeito a lesões quando realiza essas rotações abruptas. Ou seja, elas abrem caminho para uma hérnia.
7. Na cama lendo
Para essas horas, o recomendado é sentar-se com toda a coluna encostada na cabeceira da cama — se quiser, ponha um travesseiro atrás das costas. As pernas podem ficar esticadas ou flexionadas. Mantenha os cotovelos apoiados no colchão. Se quiser erguer mais o livro, use então dois pequenos travesseiros sob os braços.
8. Bolsa a tiracolo
Procure alterná-la entre o ombro esquerdo e o direito — mas atenção com o tamanho e o peso. Se for realizar uma longa caminhada, o aconselhável é usar o modelo transversal, que facilita a transferência de carga da perna direita para a esquerda. E, na hora de carregar grandes volumes, opte por uma mochila, que promove uma distribuição simétrica do peso.

9. Apague o cigarro
E livre-se do pigarro. Ao tossir o fumante pode sentir uma dor momentânea nas costas. Isso porque há um aumento de pressão na barriga e no tórax e, daí, os nervos que saem das vértebras acabam apertados. Resultado: muitos ais!.

CHEGA-PRA-LÁ NO INCÔMODO

Acupuntura
Suas agulhadas controlam a sensação dolorosa mesmo em quem tem problemas como desvio de coluna. “Estudos científicos mostram melhora clínica signifi cativa e persistente quando se usa a acupuntura para tratar a dor lombar”, diz o médico acupunturista Gerson Hamada, de São Paulo.

Eletroterapia
Nesse caso, o fisioterapeuta recorre a aparelhos elétricos, térmicos e até radioterapêuticos em busca de alívio para dores agudas nas costas. Isso porque eles têm ação antiinflamatória e analgésica.

Massagens
Elas auxiliam no alívio das tensões musculares e promovem um relaxamento geral no corpo. “No entanto, para a dor nas costas, as massagens funcionam como um paliativo, garantindo apenas um conforto temporário”, ressalta a fisioterapeuta Vera Lúcia dos Santos Alves, da Santa Casa de São Paulo.

Pilates
Foca-se nos principais músculos que coordenam a postura para manter o corpo equilibrado e fornecer suporte para a coluna. Seus exercícios, realizados em aparelhos próprios, fortalecem o abdômen, a lombar, que é a parte mais baixa das costas, e alinham a coluna.

Rolfing
Seu objetivo é reintegrar estruturas do corpo por meio da manipulação do tecido conjuntivo, ou seja, as fáscias que envolvem e conectam músculos e tendões. A reeducação dos movimentos também é levada em conta para que o paciente se mova de uma maneira mais natural, econômica e efi ciente.

Cinesioterapia
Trata-se da terapia pelo movimento, composta de alongamentos e, logo em seguida, de exercícios de fortalecimento muscular. Cadeias completas de músculos podem ser alongadas. Em alguns casos é preciso estender a musculatura da parte de trás das pernas para obter um benefício nas costas.

McKenzie
O método se baseia na idéia de que a maioria das dores tem origem em más posturas e movimentos que deformam tecidos ou deslocam os discos vertebrais. Por meio de um programa de movimentos específicos, torna a dor mais centralizada para, depois, eliminá-la e preveni-la.

Hidroterapia
A hidroterapia, ou ginástica na água, é útil tanto para alongar os músculos como para fortalecê-los, protegendo as articulações de impactos. O fi sioterapeuta orienta o paciente individualmente, em muitos casos ajudando-o a suportar seu próprio peso em certas posições.

Quiropraxia
Com movimentos rápidos e precisos, a técnica tem como principal forma de tratamento o ajuste das vértebras por manipulação. Outras manobras são realizadas sobre músculos e tendões.

RPG
A reeducação postural global, como o próprio nome diz, é uma série de posições que o paciente realiza para colocar os músculos no jeito certo. A técnica é capaz de melhorar a postura ao sentar, ao andar, ao ficar de pé, corrigindo curvaturas anormais da coluna a partir do posicionamento da pelve.

McConnell
A fisioterapeuta australiana Jenny McConnell criou esse método de tratamento para todas as partes do corpo, incluindo a coluna. Engloba exercícios musculares, terapia manual e bandagens. Seu objetivo é aliviar cargas sobre os tecidos moles, como os músculos.

Fonte: Revista Saúde é Vital, julho de 2007

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: