jump to navigation

Eu acredito em mim! 13/04/2007

Posted by Esclerose Múltipla in Qualidade de vida.
trackback

por Carminha Levy

INSPIRADA EM PETER PAN QUE, ao saber que a Fada Sininho está morrendo, pede a todas as crianças do mundo que digam “eu acredito em fadas”, transformei estas palavras do mundo mágico infantil que fez com que Sininho voltasse a viver, num mantra “Eu acredito em mim”. Ele funciona como um despertar da esperança dos adultos, que estão à beira de desistir de viver psicologicamente, como se fosse um elixir da longa vida trazendo o retorno dos sonhos e da vontade de lutar pelas mudanças.

É incrível e comovente acompanhar as transformações que ocorrem nos meus grupos de crescimento, quando os alunos se deparam com as mil possibilidades de acreditar em si próprios e de se abrirem para a fé. Acreditar em si é ter um projeto de vida, confiança, intenção clara do uso do que deseja através da força de vontade, esperança e fé.

A vida, esta dádiva maravilhosa que, muitas vezes, nem percebemos como tal, pode ser recriada por nós ou entregue ao “destino”, numa opção supersticiosa como se fôssemos marionetes dele. Faça suas escolhas!

Nesse grande jogo da vida que recebemos ao nascer, as cartas não estão marcadas como alguns sugerem e cabe a você “virar” e fazer seu “grand slam”.

“O que difere um vencedor de um perdedor no jogo da vida é a questão da fé nas possibilidades e talentos”

No seu jogo da vida, você tem como naipes três forças fundamentais: intenção clara do que quer ser; confiança nisso e força de vontade para alcançar suas metas.

O fogo que vai forjar esse projeto é a fé. Ela é uma chama ardente que reside nos nossos corações e que, muitas vezes, pelas jogadas do destino que você acreditou, está coberta de cinzas, mas jamais apagada. Com estas três forças, sopre as cinzas de sua chama. Ela crescerá à proporção que você retirar das mãos de terceiros o seu poder, que você acreditou que vem de fora, talvez por meio de um amor sadomasoquista ou um trabalho que você detesta, mas imagina morrer de fome sem ele!

Seu poder está dentro de você, provavelmente camuflado pelo medo de que, se vier à tona, você perderá o seu cristalizado sistema de crenças. Isto provocará uma grande revolução existencial para a qual precisa coragem. Pare de se trair! Seja fiel a si mesma – acredite em si.

À medida que vai sabendo quem realmente é e qual o seu propósito sagrado de vida, a chama da fé se acende cada vez mais, num processo alquímico de transformação.

Este, uma vez iniciado, vai conduzin do sua vida por meio da fé incondicional, a seu ouro – sua luz – e você será sempre inspiração para todos que lhe cercam.

É a fé que move montanhas, essas podem ser vistas como os grandes obstáculos da sua vida que, por mais impossíveis que possam lhe parecer, serão removidos por ela.

O que difere um vencedor de um perdedor no jogo da vida é a questão da fé nas nossas possibilidades, talentos, capacidade de ousar, mudar. Apesar das evidências em contrário, reveladas por parte do mundo, temos fé no ser humano, na chama crística que mora no nosso coração. Fé que nós somos seres divinos, capazes de virar o grande jogo da vida da humanidade, para um mundo melhor de harmonia, paz, amor e fé.

MANOEL MARQUESCarminha Levy é arteterapeura, psicóloga junguiana, mestre xamânica, fundadora e presidente da paz géia, escola de xamanismo.

Fonte: Revista Estilo Natural

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: