jump to navigation

França inaugura o maior complexo do mundo de estudo do cérebro 10/12/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Utilidade pública.
trackback

PARIS, 23 nov (AFP) – A França inaugurou nesta sexta-feira o maior complexo do mundo totalmente dedicado ao estudo do cérebro, a plataforma NeuroSpin, que permitirá estudar as doenças do sistema nervoso, bem como fazer progredir as interfaces entre o homem e o computador.Este centro de imagens médicas, dedicado ao estudo do cérebro, radicado em Saclay, na região parisiense, foi inaugurado pelo primeiro-ministro Dominique de Villepin. Sua exploração começará em janeiro de 2007.

“Graças às novas técnicas desenvolvidas, poderemos superar as fronteiras do conhecimento e do funcionamento do cérebro. É um dos grandes desafios científicos do nosso século”, disse Villepin.

Ao mesmo tempo unidade clínica e laboratório de pesquisa fundamental, o NeuroSpin permitirá aos cientistas trabalharem com doenças do sistema nervoso (esclerose múltipla), anomalias de desenvolvimento intelectual, problemas psiquiátricos (esquizofrenia, depressão) e envelhecimento cerebral (mal de Alzheimer).

Os cientistas também tentarão compreender melhor os mecanismos cerebrais que sustentam a inteligência e o pensamento, com o objetivo de melhorar as interfaces entre o homem e o computador.

O NeuroSpin dispõe de scanners médicos de capacidade inegável.

O projeto representa um investimento de 51 milhões de euros, financiados por uma parceria franco-alemã.

Cento e cinqüenta cientistas, das áreas da neurociência, das imagens médicas e da física nuclear, trabalharão nos laboratórios do local, instalados em 11.000 metros quadrados.

Sua arquitetura futurista evoca o sinal das ondas senoidais emitidas pelo cérebro.

Fonte: Portal de Notícias G1

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: