jump to navigation

Controle da dor: Holanda é o 1º país a legalizar o uso medicinal do cânhamo 12/09/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Espaço médico, Qualidade de vida.
trackback

Inédito no mundo, o programa holandês para uso terapêutico da Cannabis sativa permite que médicos receitem a droga a pacientes que sofrem de câncer, Aids, esclerose múltipla, síndrome de Tourette e outras doenças específicas que necessitam de poderosos narcóticos para aliviar a dor.

O projeto é monitorado cuidadosamente por autoridades médico-científicas de vários países e embora o Canadá, Grã-Bretanha, Bélgica, Suíça e Estados Unidos proíbam a droga, se ofereceram para acompanhar a Holanda em suas pesquisas na aplicação do uso terapêutico da planta.

Duas empresas holandesas foram licenciadas pela Organização das Nações Unidas para cultivar variedades especiais da planta em laboratório, de acordo com regulamentação preestabelecida, elaborada com atenção pelo Ministério da Saúde holandês.

A colheita será vendida exclusivamente ao Ministério, que será responsável pela embalagem do produto e distribuição a hospitais e farmácias. O governo manterá o monopólio sobre a droga, recomendando que ela seja prescrita para utilização na forma de spray ou diluída em chá (folhas secas).

A droga só será vendida sob prescrição médica nas 1.600 farmácias e nos 80 hospitais holandeses, a US$ 41,20 por 5 gramas.

Fonte: O Estado de São Paulo (02/09/2003)

%d blogueiros gostam disto: