jump to navigation

Tabela Brasileira de Composição de Alimentos 16/08/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Espaço médico, Qualidade de vida, Utilidade pública.
trackback

O conhecimento da composição dos alimentos consumidos no Brasil é fundamental para alcançar a segurança alimentar e nutricional no País. A construção de uma tabela de composição de alimentos é um importante instrumento nacional para a realização de um grande número de ações de alimentação e nutrição em diversos setores como o agrícola, indústria, formação e pesquisa, como também programas de educação e orientação nutricional de indivíduos ou populações. Com isso pode apoiar a realização de políticas públicas e serviços de proteção a população, ambiente e da biodiversidade.

Com esse enfoque o projeto Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO) tem como objetivo construir uma base de dados com a composição nutricional dos alimentos nacionais e de preparações típicas regionais. É uma iniciativa ímpar, executada pelo NEPA/UNICAMP, proporcionando dados de grande número de nutrientes dos alimentos de base genuinamente nacionais, obtidos com critérios internacionais de análise.

Histórico

O projeto da Tabela Brasileira de Composição de Alimentos vem sendo desenvolvido desde 1996 com a proposta de construir um banco de dados com informações analíticas sobre alimentos coletados em território nacional, o trabalho procura estabelecer a representatividade do consumo médio da população brasileira, seguindo metodologias reconhecidas internacionalmente e disponibilizadas à comunidade científica por meio de publicações em periódicos e eventos internacionais como também a população como um todo através da divulgação em meio eletrônico de domínio público (internet).

Desenvolvido até o presente momento com o apoio do Ministério da Saúde e demais parceiros, o projeto TACO realizou até o momento a análise da composição de 198 alimentos brasileiros e atualmente mais 300 alimentos estão sendo analisados em laboratórios nacionais, graças ao financiamento público. O objetivo atual é completar a composição do total de 502 alimentos até o final de 2006. Ressalta-se que esta iniciativa é a primeira da América Latina e foi referendada em Congressos Nacionais e Internacionais. Atualmente tem-se voltado esforços para que o projeto seja de caráter permanente.

Para consultar: http://dtr2004.saude.gov.br/nutricao//taco.php

Fonte: CGPAN – Alimentação e Nutrição – Ministério da Saúde

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: