jump to navigation

Vacina contra tétano diminui risco de esclerose múltipla 03/08/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Espaço médico, Você sabia?.
trackback

Vacinação contra tétano é associada a uma diminuição de 33% no risco de esclerose múltipla (EM), relatam pesquisadores de Boston na edição de 25 de julho da publicação Neurology.

A hipótese de que a imunidade ao tétano pode proteger contra EM é sustentada por descobertas de dois recentes estudos em perspectiva, observa Dr. Miguel A. Hernan e companheiros da Escola de Saúde Pública de Harvard.

Para investigar mais a fundo, a equipe do Dr. Hernan conduziu uma meta-análise dos estudos que abordavam a associação entre a vacina contra tétano e o risco de EM, usando as bases de dados Medline, LILACS, EMBASE e o índice de citações científicas Science Citation. (…)

O mecanismo biológico pelo qual a vacina contra tétano pode proteger contra EM não é claro, de acordo com os autores. (…)

Os resultados da meta-análise atual sugerem que a vacina contra tétano pode impedir ou retardar o desenvolvimento da EM. Os pesquisadores precisam ainda de uma pesquisa epidemiológica adicional para avaliar o papel do sincronismo da imunização e o número de doses associadas com esse efeito protetor.

A equipe do Dr. Hernan acrescenta que “a imunização com o toxóide (NT: toxina que não é mais venenosa mas pode causar a criação de anticorpos) do tétano poderia ser uma aproximação promissora para o tratamento e a prevenção da EM e outras doenças auto-imunes relacionadas com a célula Th1.”

Neurology 2006; 67: 212-215.

Fonte: Medscape

Nota da edição: Fui vacinada contra tétano e tenho EM.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: