jump to navigation

Aula de yoga na rede pública 30/07/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Utilidade pública.
trackback

Amanda Raiter 
 
Niterói será a primeira cidade do estado a vincular a medicina tradicional à yoga. Ontem, o secretário municipal de Saúde, Luiz Roberto Tenório, e a Federação de Yoga do Estado do Rio de Janeiro assinaram o protocolo de intenções para inserir, gratuitamente, a terapia alternativa em tratamentos médicos da rede municipal de saúde pública, conforme aprova a Portaria 971 do Ministério da Saúde. Anteriormente, já foram implantados serviços de acupuntura, fitoterapia, homeopatia e massoterapia na rede pública de saúde.

Clique aqui para ver a matéria completa

Fonte: O Fluminense – 28/07/06

Artigo relacionado: Yoga para melhorar a fadiga – dicas práticas

Anúncios

Comentários

1. marli - 01/08/2006

Muito bom…. Espero que aqui em São Paulo, logo, alguém possa nos fazer deste bem uma realizade, onde trabalhamos demais e o estresse está matando cada vez mais os trabalhadores e ainda acredito que a yoga, a meditação, a acumputura, etc ajuda e muito em nossa qualidade de vida.

2. Tica - 01/08/2006

Prezada Marli,

É verdade. Difícil ter uma boa qualidade de vida nas grandes cidades! Para quem têm EM e não possui recursos financeiros então…

Vamos torcer para que São Paulo vincule também!

Obrigada pela visita.

3. edgar ,tecnico em segurança no trabalho - 22/08/2006

tenho que fazer um trabalho sobre yoga nas empresas para trabalhadores.gostaria de saber o que é , os beneficios que pode trazer paras os trabalhadores,quais as doenças que podem ser tratadas com essa terapia,se pode ser usado como método de prevenção .quais as empresas que aplicam essa terapia, quais os numeros estátisticos e outras informações se voces puderem fornecer . (agradeso pela a atenção , respondam por favor)

4. Esclerose Múltipla - 22/08/2006

Edgar,

Não temos informações além das que fazem parte deste blog. Sugerimos que use as ferramentas de busca disponíveis na internet.

Abraços.


Sorry comments are closed for this entry

%d blogueiros gostam disto: