jump to navigation

Vitamina D e o seu papel na imunologia: Esclerose múltipla e Doença Inflamatória Intestinal 19/06/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Espaço médico.
trackback

Doenças auto-imunes como a esclerose múltipla e a doença inflamatória intestinal ocorrem por um ataque mediado pelo sistema imunológico contra o próprio tecido do indivíduo.

As análises de gêmeos geneticamente idênticos mostram que, além da genética, os fatores ambientais contribuem de forma importante no desenvolvimento da esclerose múltipla e da doença inflamatória intestinal.

A disponibilidade da vitamina D (exposição solar ou dieta) pode ter um papel no desenvolvimento destas doenças.

A vitamina D e a sinalização através dos receptores da vitamina D, segundo dados de estudos, ditam os resultados dos modelos animais (ratos) experimentais da esclerose múltipla e doença inflamatória intestinal. Além disso, a evidência aponta para a ação reguladora direta e indireta da vitamina D sobre o desenvolvimento e a função das células T.

Na ausência da vitamina D e dos sinais enviados através dos receptores da vitamina D, desenvolvem-se células T auto-reativas e, na presença da vitamina D ativa (1.25 (OH) (2) D (3)) e de um receptor funcional da vitamina D, o balanço na resposta da célula T é restaurado e a auto-imunidade evitada.

Fonte: Cantorna MT. Vitamin D and its role in immunology: Multiple sclerosis, and inflammatory bowel disease. Prog Biophys Mol Biol. 2006 Feb 28.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: