jump to navigation

Sabe o que está faltando na sua vida? 11/06/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Qualidade de vida.
trackback

QUA-LI-DA-DE!

Cena 1: você tem todos os seus objetivos muito bem encaminhados, alcançou sucesso profissional, faz o que gosta, mas uma sensação o acompanha todas as horas: a de que o seu dia de fúria está próximo. Acorda irritado, tudo o irrita e você está a ponto de explodir. Cena 2: você finalmente conseguiu estabilidade profissional, tudo vai bem, exceto o pensamento recorrente de que você está sempre atrasado. As tarefas estão sempre fora do prazo e, por mais que você faça, elas parecem se multiplicarem. Você admite que o seu volume de trabalho não é tão grande, mas o problema é que tudo custa-lhe muito, um simples relatório já é um grande fardo. Cena 3: você tem o seu lugar no mercado e é um profissional valorizado, porém está freqüentemente angustiado e sofre de um cansaço crônico. Cena 4: você está sendo devorado pela sua agenda. Tudo é feito às pressas e de forma medíocre e você não tem forças para mudar, pois já está no seu limite físico. A sensação é de que tudo está fora de controle (e pior, não é só uma sensação: está mesmo!).
Se você se identificou com algum quadro acima e interessou-se pelo o assunto, aí vai a informação. Sabe o que pode estar por trás destes “quadros clínicos”? Ausência de qualidade de vida.

Este é um problema cada vez mais comum nos dias atuais. Muitos se preocupam com o crescimento profissional, cursos de desenvolvimento, treinamento, educação formal e o resto do tempo, dedica-se à família. Na contagem geral, acaba não sobrando tempo para um item fundamental: cuidar de si mesmo. E pior, alguns levam um ritmo tão insalubre que, além de não cuidarem, acabam por prejudicar o próprio organismo. Resultado: surgem as doenças. E aqui estamos falando desde os males fulminantes, como enfarte, até desequilíbrios emocionais, de difícil diagnóstico que, a olho nu, chamamos de “crise”.

Tópicos relacionados(em ordem):

  1. Sabe o que está faltando na sua vida?
  2. O que é isto, companheiro?
  3. Lazer? E agora?
  4. Incompetência não, doença
  5. Não é comigo!
  6. Mau comportamento
  7. Alimentação inadequada
  8. Prazer também após as refeições
  9. Bons hábitos
  10. Aceita um café?
  11. Vitamina pode fazer mal!
  12. Estresse? Dome-o!
  13. Alguém gritou fogo?
  14. Mau uso do tempo
  15. Faço amanhã!
  16. Sobreviva a começos duros
  17. Mova-se! Saia da cadeira do sedentarismo
  18. Sem o benefício do sono

Fonte: Revista Vencer

Anúncios

Comentários

1. nelcy quino santos almeida - 27/06/2006

tenho esclerose multipla o utimo sorto min deixou sem falar,visao
e sem andar estou em cima de uma cama a 10 meses sera que
eu volto a pelomenos min meixer de novo porfavor min responda
estou tentado construir uma picina em casa para fazer hidroterapia
se conseguir sera bom

2. Esclerose Múltipla - 29/06/2006

Nelcy,

Não temos como te dar um diagnóstico porque essa não é nossa função. Procure um bom médico, em quem você confie, e ele poderá avaliar seu caso e te dar algumas respostas.

A cura ainda não foi descoberta, mas há tratamento para melhorar a qualidade de vida. Tenha força de vontade e não se deixar abater pelos percalços. O apoio de quem está em volta é essencial e indispensável na sua luta.

A doença se manifesta de formas diferentes em cada paciente, mas com fé e otimismo aliados aos tratamentos disponíveis, toda melhora é possível – acredite!

Um abraço.


Sorry comments are closed for this entry

%d blogueiros gostam disto: