jump to navigation

A importância do sono 31/05/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Qualidade de vida.
trackback

Quando você dorme, passa o controle do seu organismo para o sistema autônomo. Você entrega a chave da casa para ele fazer todos os reparos.

Quando dormimos, ocorrem milhões de reações, tais como: reparos em todos os nossos órgãos vitais, elaboração de substâncias hormonais e de novas células, que irão se agregar aos tecidos dos nossos órgãos: fígado, baço, pâncreas, cérebro e coração. Renovando-os.

Tudo isso é imprescindível para acordamos zerados e para que tenhamos um novo dia, com a máxima capacidade de disposição, entusiasmo, otimismo e positividade.

No decorrer de um dia de trabalho, nós vamos exaurindo os nossos órgãos. A poluição destrói os nossos alvéolos pulmonares e durante a noite o nosso organismo tem de fabricar células suficientes para poder repará-los.

A alimentação, devido à industrialização exagerada, danifica milhões de células do nosso fígado que também serão reparadas durante o sono. O mesmo acontece com o pâncreas, o estômago, o coração e o cérebro. Para que estejam plenos no dia seguinte, todos estes órgãos precisam ser reparados!

O sono tem que ser profundo e não pode ser interrompido. Ele é composto de várias fases e a REM – momento em que você dorme profundamente e sonha é a fase mais importante.

Fonte: Nuno Cobra

Artigos relacionados: Cansaço mental , Sono: fonte da juventude , O sono e o organismo , Como deve ser o sono , O sono e o aprendizado , Conseqüências de uma noite mal dormida , Dicas para uma boa noite de sono

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: