jump to navigation

Cansaço mental 31/05/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Qualidade de vida.
trackback

A ansiedade, o estresse, as alterações de humor, as depressões e outros problemas psicológicos se revelam como grandes causadores de cansaço e por isso devem ser combatidos desde cedo.

Quase todas as perturbações do sono são acompanhadas de fadiga: alterações do ritmo de sono e respiratórias, alterações do movimento também durante o sono, insônias ou parassônias fazem com que a pessoa se levante de manhã já fatigada.

Se o sono não foi reparador, a pessoa sente-se cansada. Esse cansaço vai também se repercutir em diversas funções cognitivas, como a memória, a concentração e o raciocínio, entre outras. O sono reparador varia de indivíduo para indivíduo, havendo por isso quem se contente em dormir 4 ou 5 horas, enquanto há quem precise de 9 a 10 horas de sono.

Bebidas excitantes como café, coca-cola ou chá preto também inibem um sono reparador. O álcool numa dose baixa descontrai, quebra a ansiedade e proporciona algum relaxamento, mas em excesso será um fragmentador do sono, tornando-o mais superficial.

Para dormir bem: vá para a cama despreocupado, relaxado do ponto de vista físico e emocional; evite atividades muito intensas e discussões antes de dormir; não assista a filmes muito empolgantes ou interessantes antes de dormir; não se deite com fome ou com a barriga muito cheia; faça um intervalo entre o trabalho e a hora de dormir; assista à televisão ou leia um livro.

Fonte: Médicos de Portugal

Artigos relacionados: Sono: fonte da juventude , O sono e o organismo , Como deve ser o sono , A importância do sono , O sono e o aprendizado , Conseqüências de uma noite mal dormida , Dicas para uma boa noite de sono

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: