jump to navigation

Jacqueline du Pré (1945 – 1987): uma das maiores celistas do mundo 18/05/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Você sabia?.
trackback

Jacqueline.jpg

Jacqueline du Pré nasceu dia 26 de janeiro de 1945 na cidade de Oxford. O nome francês veio de seus ancestrais. Quase não freqüentou a escola e teve como guru o celista e professor inglês William Pleeth.

Aos 20 anos já era conhecida mundialmente e, ainda assim, foi para Moscou aperfeiçoar-se com Mstislav Rostropovich. “Ele era grosseiro e cruel”, confidenciou Jackie a um amigo, desmistificando a aura de bonzinho do mestre russo.

Carismática e dona de uma personalidade esfuziante, ganhou de um admirador anônimo um violoncelo Stradivarius avaliado em mais de 2 milhões de dólares. O instrumento encontra-se hoje nas mãos do celista Yo-Yo Ma.

Em 1967 casou-se com o pianista e regente Daniel Barenboim.

A revista Time escreveu: “Assim começou um dos relacionamentos mais notáveis, tanto pessoal quanto profissional, que a música já conheceu desde os dias de Clara e Robert Schumann.”

Certa vez, comentou que não conseguia localizar no tempo o momento em que começou a perder a sensibilidade dos dedos e braços. Em 1973, foi diagnosticada esclerose múltipla. Mesmo com a progressão da doença impossibilitando a locomoção, continuou a dedicar-se ao magistério e foi agraciada por diversas universidades com títulos Honoris Causa.

Para fazê-la feliz, Barenboim proporcionou-lhe uma última aparição em público. Jackie sentou-se no meio da orquestra, no Royal Albert Hall de Londres, e tocou tambor numa sinfonia de Haydn. Foi a última ovação que recebeu.

Já com a saúde muito debilitada e com a perda da fala e da audição, aos 42 anos, o mundo perdeu uma das maiores celistas de todos os tempos.

Entre suas melhores gravações, destacam-se os concertos de Elgar, com a Sinfônica de Londres, regida por sir John Barbirolli, e o de Schumann, dirigido pelo marido Barenboim.

Contém trechos da matéria de Arnaldo Cohen (publicada pela revista Veja em 23 de maio, 1999) e do site Jacqueline du Pré de Miguel Muelle.

Citado e editado por Tica

Anúncios

Comentários

1. Drs, Franciscus W,M.G. d'Hanens - 14/09/2006

Dear Jacqueline,
made her cello sing what for me is the greatest talent one can have. I saw Slava play two or three times and was surpised to read that he was rude to her. My father started on violoncello and later one I was a child only piano, my mother was a first price of violin of the Hague Music Academy, both introduced me to music. This was their most precious heritage because it made me possible to enjoy such geniuses as Jacqueline.
Thank you veru much Jacqueline.
perhaps we meet in tr5he other world.


Sorry comments are closed for this entry

%d blogueiros gostam disto: