jump to navigation

Yoga para melhorar a fadiga – dicas práticas 12/05/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Qualidade de vida.
trackback

Existe um estudo, publicado em 2004, que mostra os efeitos benéficos da prática do yoga nos níveis de fadiga em pacientes com esclerose múltipla.

O estilo do yoga praticado pelos participantes deste estudo, foi fundado por Iyengar (1918). Ele aprendeu a prática milenar na Índia e teve grande participação na difusão do yoga em Londres. Hoje em dia, muitas academias ensinam o yoga Iyengar, inclusive no Brasil. Por falar em personalidades do yoga, para quem não conhece o assunto, todos os estilos existentes (que são muitos) sofreram influência, em maior ou menor grau, de um brâmane do Sul da Índia, o mundialmente conhecido Krishnamacharya (1888).

Infelizmente, se você quer encontrar uma classe de yoga, estes nomes indianos não significam mais do que a experiência e o tempo de prática do instrutor. (National MS Society)

Apresentaremos algumas dicas que adaptamos do site da National MS Society (EUA). Para quem tem EM e interesse em iniciar o yoga, é interessante observar os seguintes aspectos:

  • Qual é a prática do instrutor? Menos de 10 anos de prática pode ser um risco para uma pessoa com EM, a menos que o professor tenha também um bom conhecimento médico da doença ou de fisioterapia.
  • Você anda sem auxílio? Então tente uma classe regular, mas pergunte o que é esperado do aluno e explique a sua condição. A maioria dos professores de yoga está disposta a aprender sobre a EM e adaptarão a postura com suportes, tais como almofadas, cadeira, parede ou assoalho. Se o instrutor não o escutar ou entender as suas necessidades, este é o lugar errado para você.
  • Você usa bengala ou andador? Tente uma classe para idosos ou para pessoas com necessidades especiais, como artrite, por exemplo. Muitos alongamentos e posições do yoga podem ser realizados na posição sentada. Não esqueça de explicar ao instrutor sobre a sua doença antes de iniciar as aulas.
  • Onde praticar? O ideal é encontrar um local próximo a sua casa. Caso não encontre nenhuma classe próxima, tente utilizar fitas de video, audio ou DVD em casa. Neste caso, se possível, considere chamar pelo menos uma outra pessoa para fazer o yoga com você. Isto poderá ajudar nos níveis de disciplina e de energia. Para quem participa de um grupo de apoio de EM, uma boa dica é praticar o yoga no final da reunião com uma fita ou a presença de um instrutor voluntário.

Assunto relacionado: Aula de yoga na rede pública

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: