jump to navigation

Promovendo o diálogo 11/05/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Qualidade de vida.
trackback

A esclerose múltipla, por ter um curso imprevisível e não ter cura, deixa muitas questões abertas. Para algumas pessoas, quebrar a cabeça para entender os mecanismos biológicos complexos por trás da EM ou o que dizem as pesquisas, pode gerar ansiedade. Interptretamos os fatos de acordo com a nossa bagagem de conhecimentos e a esfera emocional atua em todo este processo.

Perguntar ao médico quando surgir alguma dúvida durante a consulta é essencial para evitar noções erradas ou alimentar fantasias inconscientes sobre a doença. Se você acaba esquecendo de fazer as perguntas, convém realizar uma anotação em casa, antes da consulta. O ideal é, junto ao médico e equipe interdisciplinar, obter uma boa noção geral do que é a doença, o que piora ou melhora, tipos de tratamentos, seus efeitos e, principalmente, uma orientação dos meios de atingir uma boa qualidade de vida.

Na internet existem diversos sites sobre a esclerose múltipla que podem servir de apoio. Alguns voltados para a área da ciência e outros exclusivos para os pacientes. Existem aqueles que têm as duas coisas, como este blog, assim como muitos sites de associações internacionais. Vez ou outra, neste espaço que criamos para a troca de informações, o leitor esbarra em resumos médicos, mas disponibilizamos também artigos para quem deseja apenas ter conhecimentos gerais e úteis para o dia-a-dia, como pode ser encontrado no menu lateral: ‘EM: o que é isso?’, ‘Leis e afins’, ‘Qualidade de vida’, ‘Utilidade pública’, ‘Somos Naturalmente Curiosos!’ e ‘Convivendo com a EM’.

Mesmo com todas as fontes de informação disponíveis atualmente, nunca deixe de conversar com o seu médico e os outros profissionais da equipe que cuidam de você, estes são os maiores aliados neste processo individual de aprendizagem.

%d blogueiros gostam disto: