jump to navigation

Doença do beijo é comum entre 15 e 25 anos 29/03/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Qualidade de vida, Utilidade pública.
trackback

A mononucleose infecciosa, popularmente chamada de doença do beijo, pode acometer adultos e crianças, sendo que nas crianças é em geral assintomática (sem sintomas). É uma doença prevalente em jovens com idade entre 15 a 25 anos de ambos os sexos. Cerca de 90% da população adulta tem anticorpos que combatem o Epstein- Barr, vírus causador da doença. Ela é chamada de doença do beijo porque sua transmissão acontece principalmente pela saliva, a partir de um contato mais íntimo. Outra forma de contágio é a transfusão de sangue. “Por isso, recomenda-se a quem contrai a doença esperar pelo menos seis meses para doar sangue”, afirma a Dra. Hercília Borges, infectologista do Hospital e Maternidade São Camilo Ipiranga.

De acordo com a médica infectologista, as pessoas devem ficar atentas, pois os sintomas são muito parecidos com os de outras infecções virais e podem durar de duas a três semanas. Embora não exista tratamento específico (a não ser para aliviar os sintomas) ela necessita de cuidados, mas raramente a doença evolui para uma complicação.

Principais sintomas:

– dor de garganta
– febre
– mal estar geral
– dor de cabeça
– falta de apetite
– náuseas
– vômitos
– gânglios
– manchas avermelhadas no corpo (exantema)

Fonte: Agência Brasileira de Notícias

Assunto relacionado: Mononucleose como fator de risco

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: