jump to navigation

BCTRIMS – Comitê Brasileiro de Tratamento e Pesquisa de Esclerose Múltipla 06/03/2006

Posted by Esclerose Múltipla in Utilidade pública.
trackback

O BCTRIMS é uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo a pesquisa clínica e a educação médica voltada para o médico e o portador. Objetiva também oferecer consultoria para agências do governo federal em relação à sua política de saúde. O BCTRIMS tem recebido suporte de instituições privadas e indústrias através de doações.

Algumas das lutas e conquistas do BCTRIMS foram destacadas pelo Diretor Marco Aurélio Lana:

  • A freqüência da esclerose múltipla em várias cidades brasileiras já é conhecida e o mapa da distribuição em todo o país vem sendo rapidamente desenhado através de metodologia uniforme.
  • O comportamento e as características clínicas e evolutivas da EM no Brasil são agora conhecidos através do estudo A História Natural da EM no Brasil, a maior pesquisa sobre EM já realizada em toda a América Latina.
  • Nosso país e nossa língua já dispõem do mais moderno e completo instrumento para avaliação da incapacidade de pacientes, o Multiple Sclerosis Functional Composite, denominado após validação para o português, MSFC-BCTRIMS.
  • Vários trabalhos sobre qualidade de vida, neuro-psicologia, imunologia, clínica e imagem da EM foram realizados pelo BCTRIMS e discutidos em congressos no Brasil e exterior.
  • A educação médica continuada tem sido uma preocupação constante do BCTRIMS. Foram já realizados quatro BCTRIMS Annual Meetings com a presença dos mais renomados pesquisadores internacionais. O próximo congresso anual já está marcado para agosto de 2004.
  • Dois Consensos sobre o Tratamento da Esclerose Múltipla foram publicados para orientar os especialistas brasileiros quanto ao melhor cuidado a seus pacientes, assim como servir de parâmetro às autoridades governamentais encarregadas da dispensação dos medicamentos de alto custo. O Consenso Expandido do BCTRIMS sobre o Tratamento da Esclerose Múltipla publicado nos Arquivos de Neuro-Psiquiatria em setembro de 2002, tem tido grande repercussão no país e no exterior.
  • O BCTRIMS hoje integra o European Database in Multiple Sclerosis (EDMUS), o maior banco de dados sobre a EM em todo o mundo, e seu representante tem assento no Steering Committee do EDMUS, em Lyon, França.
  • Os Encontros BCTRIMS-Portadores tem debatido com os portadores e cuidadores as últimas informações quanto ao progresso na compreensão e tratamento da EM.
  • Um Programa de Treinamento de Jovens Pesquisadores foi criado para desenvolver os dotes naturais e habilidades de acadêmicos universitários nas disciplinas envolvidas à criação de conhecimentos sobre a EM. Estudantes de Medicina, Psicologia, Estatística e Fisioterapia tem engajado com entusiasmo no estudo da EM sob a supervisão direta de professores do BCTRIMS.
  • O BCTRIMS NEWS e o site www. bctrims.org.br tem sido importantes veículos de comunicação entre os profissionais de saúde e os portadores e cuidadores.
  • Na área assistencial as atividades do BCTRIMS começaram com o insistente trabalho para a regulamentação da dispensação dos medicamentos excepcionais para a EM. Esta foi uma grande conquista. Afinal, a orientação de órgãos governamentais sobre o tratamento da EM é uma das principais finalidades do BCTRIMS. A assistência aos portadores significa o alcance da plenitude de seus propósitos.

Visite o site do BACTRIMS e colabore com quem luta pela sua saúde.

Fonte: http://www.bctrims.org.br/default.aspx

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: